Domingo, 27 de Março de 2011

A minha pretensão caíu em saco roto.

Contrariamente ao que sugeria no meu “post” de há dias para que o partido socialista não desse a vitória a Sócrates e, pelo que hoje leio nas notícias, este senhor terá a seu favor mais de 90% dos votos dos actuais votantes. Friso actuais porque me recuso a admitir que a grande maioria do partido esteja assim tão corrupta que persista em alimentar os devaneios de quem, “quod erat demonstrandum”, tanto nos aldrabou e quase nos levou à ruína.

Uma análise puramente técnica do foro psiquiátrico, que, segundo creio, nunca terá sido feita e muito menos sugerida – “não fosse o diabo tecê-las!” – demonstrar-nos-ia, seguramente, ser o PM demissionário, um homem superiormente inteligente, dotado de uma força interior e de um querer dificilmente ultrapassáveis, de uma ambição pessoal desmedida, de uma forte compleição física e de uma robustez psico-anatómica isenta da mais pequena dúvida, mas tudo isto alicerçado em toda a fragilidade de umas incomensuráveis ignorância e sede de vingança contra um mundo que ele mesmo desconhecerá, - talvez porque nunca lho tivessem mostrado ou, pelo contrário, porque teve já oportunidade de o ver bem e de o explorar melhor! - mas que, por isso mesmo, quererá teimosamente vergar e manter dobrado, quase estendido a seus pés, para dele se poder servir consoante os seus estados de alma e as suas conveniências pessoais que ele muito confunde com as do Povo. Dotado de um excelente verbo e de uma forma habilidosa de o aplicar, juntando à palavra o gesto, vai, qual equilibrista nato e, portanto, sem escola, saltando de poldra em poldra de uma margem para a outra do rio, sem se importar com o caudal da corrente que está certo de vencer… Cordeiro quando lhe convém, lobo quando tem fome ou sede e o adversário se lhe afigura fraco, é o repetido chefe do partido socialista um perigo real para a democracia que, em acelerada decomposição orgânica, teima em deixá-lo projectar-se, para que o mundo o veja assim comprometido e nele ainda acredite! Lembro-me quando o povo inglês e o mundo acreditou em Chamberlain quando, regressado de uma última entrevista com Hitler, proclamava :  "I believe it is peace for our time".

Esta democracia, submetida a tais tensões e esforços, bem perto estará dos últimos lampejos da sua curta vida!... Assim aconteceu no passado e, ou me engano muito, ou assim poderá acontecer no futuro pois, como já alguém o disse: - a história tem uma natural tendência a repetir-se.

publicado por Júlio Moreno às 12:29
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


.posts recentes

. Mais uma vez mão amiga me...

. Um tristíssimo exemplo de...

. A greve como arma polític...

. A crise, o Congresso do P...

. O PRESIDENTE CAVACO SILVA

. Democracia à portuguesa

. ANTÓNIO JOSÉ SEGURO

. Cheguei a uma conclusão

. A grande contradição

. O jornalismo e a notícia ...

.arquivos

. Setembro 2013

. Junho 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Maio 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Junho 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

.favorito

. Passos Coelho: A mentira ...

. Oásis

.links

.participar

. participe neste blog

blogs SAPO

.subscrever feeds