Sexta-feira, 16 de Março de 2012

Há que ter cuidado com esse senhor…

Que eu saiba, já é a segunda vez, num relativamente curto espaço de tempo, que o “intrépido” estratega do 25 de Abril, que tão bem soube atraiçoar o homem que lhe deu o espaço necessário a revelar-se como militar, o marechal António de Spínola, vem a público dar um arzinho da sua graça apelando à necessidade de intervenção das Forças Armadas para derrubar o governo democraticamente eleito, como tanto quis outrora e porque agora talvez já lhe não convenha tanto! Pequenos cortes nas reformas…

Mas que esse senhor fale, berre ou barafuste pouco me interessa hoje - já que tempos houve em que me interessou e muito…

Adiante, porém, que isso são coisas de só gosto de me lembrar aos fins de semana e hoje é quarta-feira…

O verdadeiro problema é que alguns “comunicadores sociais”, grande parte revelando, como ele, um muito medíocre  discernimento a par de uma deficiente e deformada formação cívica, em descobrindo alguma coisa susceptível de agitar a opinião pública e, quiçá mesmo, de “levantar” o povo, hoje obviamente carente e dorido, alguma coisa susceptível de fazer com que se vendam mais jornais ou se aumentem as audiências, logo se apressam a dar-lhe eco e, insensíveis às potencialmente gravas consequências, a agarram, não largando mais - tal como fazia a minha saudosa cadela boxer que preferia deixar-se ficar dependurada  e a espernear no ar,do que largar o trapo de eu lhe estendera, que abocanhara e que teimava em não largar - com tudo criando um clima talvez propício a uma generalizada insurreição nacional, um e outros integrando, tanto quanto julgo saber, as situações previstas e tipificadas como crimes previstos e punidos no Código Penal Portugês, Secção II, artigos 297º e seguintes, nomeadamente o art. 330º e demais legislação correlativa.

Que o País fique alerta e tome na devida conta estes pequenos sinais que, em tempo de crise como a que estoicamente vivemos sempre vão surgindo das mais variadas proveniências e com os mais inconfessáveis propósitos.

publicado por Júlio Moreno às 17:09
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


.posts recentes

. Mais uma vez mão amiga me...

. Um tristíssimo exemplo de...

. A greve como arma polític...

. A crise, o Congresso do P...

. O PRESIDENTE CAVACO SILVA

. Democracia à portuguesa

. ANTÓNIO JOSÉ SEGURO

. Cheguei a uma conclusão

. A grande contradição

. O jornalismo e a notícia ...

.arquivos

. Setembro 2013

. Junho 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Maio 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Junho 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

.favorito

. Passos Coelho: A mentira ...

. Oásis

.links

.participar

. participe neste blog

blogs SAPO

.subscrever feeds