Sábado, 26 de Fevereiro de 2011

Táxis e taxistas

Com a lentidão e dificuldade que uma recentíssima cirurgia às cataratas me provocavam, foi com muito maior lentidão que consegui descrever aqui – antes que se me varresse da memória! - o que a sua leitura me sugeriu da experiência que eu mesmo tenho acerca de taxistas, tema do último post do distinto Embaixador Seixas da Costa a quem daqui peço licença para cumprimentar – por favor, não se entenda lisonjear - uma vez mais.

É que, curiosamente, as minhas experiências sobre taxistas têm sido bastante interessantes e muitas vezes instrutivas até, sobretudo, quando pretendo – ou, melhor dizendo, pretendia -  tirar a "temperatura" económica, social e até política" a qualquer cidade/país onde já há algum tempo me não tivesse deslocado.

Porque normalmente bem informados, tantas e tão variadas serão as conversas que terão ouvido aos passageiros que, nas respectivas “corridas” transportaram, e, querendo, na maior parte das vezes, mostrar um pouco da sua própria cultura, personalidade e opinião crítica – isto consoante o tipo das perguntas bem como o das pessoas que lhas formulem - e que é, a meu ver, muitas vezes válida - é meu costume o socorrer-me dos motoristas dos táxis que apanho quando desembarco nos aeroportos para, interrogando-os nos seus idiomas, sempre que tal me é possível (e que a bem poucos se resumirão, o inglês, o francês, o italiano, o espanhol e, algumas vezes, o próprio português mesmo no estrangeiro!), e assim obter deles um resumo muito pessoal da situação que no momento estiver sendo vivida, mas nem por isso mesmo menos real ou objectiva, e que eu não tenha tido tempo de obter pelos noticiários habituais desde a última vez que tenha visitado o local em causa.

Dentre vários, recordo-me de que foi num destes meus habituais inquéritos que, quando, algum tempo antes do 25 de Abril, aterrei em Bruxelas, sendo surpreendido nesse dia com um jantar com o Encarregado de Negócios de Portugal na Bélgica, familiar de um grande amigo meu, que soube que a hoje falecida transportadora aérea belga, a “Sabena”, exibia um interessante e ilustrativo anúncio de propaganda turística ao nosso País com os dizeres, intencionais ou não, seguintes: “VISITE PORTUGAL ANTES QUE ACABE… É O ÚNICO PAÍS DA EUROPA QUE AINDA VIVE NO SÉCULO XIX.”

Contada a novidade ao nosso representante naquele país, que a desconhecia, soube, alguns meses depois, que o facto quase ocasionara um incidente diplomático não porque não houvesse interpretações condizentes com o que naquele anúncio se dizia mas porque a “ofensa” fora considerada como de nível particularmente elevado  – tal como a mim me pareceu – para o País nele visado.

Curiosamente, sair de um avião e apanhar um táxi, pode, por vezes, revelar-se útil e mesmo interessante do ponto de vista quer sociológico, sentimental, informativo ou, até mesmo, patriótico…

publicado por Júlio Moreno às 12:03
link | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


.posts recentes

. Mais uma vez mão amiga me...

. Um tristíssimo exemplo de...

. A greve como arma polític...

. A crise, o Congresso do P...

. O PRESIDENTE CAVACO SILVA

. Democracia à portuguesa

. ANTÓNIO JOSÉ SEGURO

. Cheguei a uma conclusão

. A grande contradição

. O jornalismo e a notícia ...

.arquivos

. Setembro 2013

. Junho 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Maio 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Junho 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

.favorito

. Passos Coelho: A mentira ...

. Oásis

.links

.participar

. participe neste blog

blogs SAPO

.subscrever feeds