Sexta-feira, 26 de Janeiro de 2007

Por esta altura, Janeiro de 2003!...

Por esta altura, Janeiro de 2003, sentia-me eu um homem novo, cheio de força, capaz de enfrentar toda e qualquer adversidade deste mundo, apenas porque a minha vida ganhara um objectivo e com ele me voltaram as forças que então e antes me tinham começado a faltar sentindo-me descer, como se fora de trenó, bem para o fundo de algo insondável, profundo e totalmente ignorado.

Mais do que qualquer dos medicamentos que me fossem receitados a ansiedade com que esperava o correio electrónico e o posterior prazer da sua leitura recuperavam a minha saúde abalada por uma doença sem retorno mas que cuidados e extremosos afectos poderiam comprovadamente minorar!

O que escrevia eu em sua resposta? Passos, recordações da minha vida, apenas com o mérito de serem autênticos e tantas vezes relembrados, com a saudade que a distância temporal aumenta. Iriam colocar, - presumia eu – o meu distante leitor a par da minha vida, das minhas carências e do muito que, sem ter tido ainda oportunidade e a quem, guardava ainda para dar.

Assim, as horas corriam brandas e suaves e meu sangue fluía em minhas veias sem atropelos ou sobressaltos, cumprindo apenas e com serenidade a sua missão de manter-me vivo. As noites, mesmo as mais frígidas, sobrevinham temperadas e cálidas decorrendo sob uma suave brisa de esperança que de há muito me abandonara…Sonhava então, o que de há muito me não acontecia, pelo menos recordando-me do que sonhara… Sonhos reais, credíveis, sonhos de saudade e de esperança cheios!

Quatro longos anos se passaram. A vida foi-se mantendo, os contactos se trocaram só que o sonho, esse não terá sobrevivido… De degrau em degrau mais me senti descendo, ora porque era forçoso que o fizesse, ora porque me sentia empurrado e fazê-lo, a escada da ilusão, do devaneio e do tempo de acordar.

Hoje estou desperto e lúcido. Só que as forças já não responderão talvez ao meu apelo se eu um dia ainda tiver motivos para as usar…Quisera vir ainda a tê-las mas isso… isso é questão cuja resposta só o tempo, que, dia após dia mais pequeno se me torna, ma dirá um dia se ma quiser dar!
publicado por Júlio Moreno às 15:19
link | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


.posts recentes

. Mais uma vez mão amiga me...

. Um tristíssimo exemplo de...

. A greve como arma polític...

. A crise, o Congresso do P...

. O PRESIDENTE CAVACO SILVA

. Democracia à portuguesa

. ANTÓNIO JOSÉ SEGURO

. Cheguei a uma conclusão

. A grande contradição

. O jornalismo e a notícia ...

.arquivos

. Setembro 2013

. Junho 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Maio 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Junho 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

.favorito

. Passos Coelho: A mentira ...

. Oásis

.links

.participar

. participe neste blog

blogs SAPO

.subscrever feeds