Quarta-feira, 8 de Novembro de 2006

Só transcrições do PD da IOL e uma opinião pessoal

Em 08Nov06: “- O primeiro-ministro do Iraque, Nouri Maliki, espera que o ex-líder iraquiano Saddam Hussein seja executado até o fim deste ano. - Durante a entrevista à «BBC», em Bagdad, Maliki disse que a decisão de enforcar o ex-presidente do Iraque não será afectada por nenhum tipo de pressão. - «Nós gostaríamos que o mundo inteiro respeitasse a vontade judicial do Iraque», declarou o primeiro-ministro. -Saddam foi condenado à morte no domingo por crimes contra a humanidade. - O antigo líder iraquiano voltou ao tribunal esta terça-feira para enfrentar outro julgamento em que também arrisca a pena de morte.””


Em 06Nov06: “- O Presidente da República, Cavaco Silva, manifestou-se esta segunda-feira contra a decisão do supremo tribunal iraquiano de condenar à morte, por enforcamento, o seu ex-chefe de Estado Saddam Hussein, por crimes contra a humanidade.- «Todos temos conhecimento dos crimes e atrocidades praticadas por esse ditador e foi bom que o novo regime iraquiano tivesse levado até ao fim o julgamento» de Saddam Hussein, começou por observar o chefe de Estado português. - No entanto, Cavaco Silva frisou logo depois que «Portugal é contra a pena de morte». - «Pessoalmente, também sou contra a pena de morte e identifico-me plenamente com a declaração comum da União Europeia em que se apela para que a pena de morte a Saddam Hussein não seja executada», afirmou o Presidente da República. - Para Cavaco Silva, a não concretização da pena de morte «seria uma manifestação de superioridade do novo regime do Iraque, que está construindo a sua democracia, em relação ao ditador» Saddam Hussein.””


Em de 05Nov06: “A presidência finlandesa da União Europeia (UE) pediu hoje, em comunicado, ao Iraque que não aplique a pena de morte, decretada contra o antigo presidente iraquiano Saddam Hussein, noticia a Lusa. - «A presidência recorda a posição da União Europeia contra a pena de morte. A UE opõe-se à pena capital em todos os casos e em todas as circunstâncias e apela para que não seja aplicada no caso presente», declarou a presidência. - «Durante os últimos anos, a União Europeia condenou de maneira sistemática as violações extremamente graves dos direitos do homem e do direito humanitário internacional cometidas pelo regime de Saddam Hussein», recorda no entanto no comunicado a presidência finlandesa. - Entretanto, a Dinamarca, membro da coligação dirigida pelos Estados Unidos no Iraque, saudou o fim do primeiro julgamento contra Saddam Hussein, mas recordou que se opõe à pena de morte. - «O Iraque conduziu este julgamento de forma independente. É bom que o julgamento tenha chegado ao fim. Isso dá a esperança de que o Iraque feche um capítulo da sua história», declarou o ministro dos Negócios Estrangeiros dinamarquês, Per Stig Moeller, num comunicado. - No entanto, no comunicado, o chefe da diplomacia dinamarquesa sublinha que a Dinamarca «encoraja o estabelecimento da democracia e de um sistema judicial legal no Iraque, mas não apoia a pena de morte».””


Em de 05Nov06: “A sentença pronunciada hoje contra o ex-presidente iraquiano Saddam Hussein, que o condena a morrer enforcado, representa uma «importante vitória» para a liberdade nesse país, assegurou o presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, noticia a Lusa. - O presidente acrescentou em Waco (Texas), numa breve declaração antes de retomar a campanha para as legislativas de terça-feira, que a sentença representa um «marco» nos esforços do povo iraquiano para trocar o mandato de um tirano pelo da lei. - Horas antes, a Casa Branca saudara a condenação à morte pronunciada contra o antigo presidente iraquiano Saddam Hussein, através do seu porta-voz, Tony Snow, em declarações à cadeia de televisão NBC. «Eis agora a prova absoluta de que existe um sistema judicial independente no Iraque», afirmara Snow.””


Em de 05Nov06: - Vaticano reage à condenação de Saddam Hussein - O presidente do Conselho Pontifical Justiça e Paz lamentou hoje a condenação à morte de Saddam Hussein, veredicto que significa, segundo ele, que o Iraque está «ainda na fase do «olho por olho, dente por dente», noticia a Lusa. - «Para mim, punir um crime com um outro crime, isto é, matar para vingar , significa que estamos ainda na fase do «olho por olho, dente por dente», resumiu o cardeal Renato Raffaele Martino, presidente do Conselho Pontifical Justiça e Paz, segundo declarações veiculadas pela agência italiana Ansa. - «A pena capital não é uma morte natural. Deus deu-nos a vida e só ele a pode retirar. A vida é um dom que o Senhor nos fez e devemos protegê-la desde a concepção até à morte natural», acrescentou. - Se Saddam Hussein tivesse sido confiado ao Tribunal Penal Internacional , «ele não teria sido condenado à pena capital», uma vez que esta condenação não está prevista no quadro do TPI, sublinhou o cardeal Martino.


Em de 05Nov06: - A Amnistia Internacional (AI) em Portugal manifestou-se hoje contra a condenação de Saddam Hussein à pena de morte por enforcamento, considerando que esta sentença «não serve as vítimas», disse à Lusa fonte da organização. - «A AI está contra a condenação. Há muitos anos que temos vindo a denunciar as atrocidades cometidas por Saddam Hussein. No entanto, consideramos que esta condenação não serve as vítimas e, por isso, deveria ser feito um novo julgamento», disse a agência Lusa Cláudia Pedra, da AI Portugal. - No entender da AI, precisou Cláudia Pedra, Saddam Hussein deve ser novamente julgado, mas de forma justa, à luz do Tribunal Pena Internacional. - «Ele ainda está a ser julgado pelos crimes cometidos contra milhares de curdos», disse ainda Cláudia Pedra, reforçando que a condenação hoje anunciada não serve as vítimas. - «Um país que quer começar de novo e de modo democrático está a passar a pior mensagem possível com esta sentença», concluiu Cláudia Pedra. - A Amnistia Internacional tem vindo a criticar o processo de Saddam Hussein e a forma como decorreu o julgamento, com audiências tumultuosas, advogados assassinados e juízes demitidos.


Em de 14Out06: - “Uma adolescente norte-americana foi interrogada pelos serviços secretos depois de ter colocado na sua página pessoal da Internet uma fotografia a ameaçar matar o Presidente Bush. - No topo da imagem podia ler-se «Matar Bush». A jovem desenhou ainda um punhal a esfaquear a mão esticada do presidente. A «brincadeira» é um crime e por isso a jovem teve que responder às autoridades, noticia a abs news. - A jovem estava indignada com a guerra contra o Iraque e por isso protestou desta forma. Mais tarde percebeu que era um crime e acabou por retirar a fotografia da Internet. No entanto, já era tarde de mais. -As autoridades federais descobriram e abordaram a jovem, esta semana, durante uma aula de biologia. A rapariga de 14 anos foi interrogada durante 15 minutos por dois agentes. Os pais não gostaram de não ter estado presente no interrogatório. -A jovem foi considerada uma ameaça. Dias depois em declarações afirmou que as questões colocadas pelos agentes a levaram às lágrimas. «Estou contra a guerra. Mas não quero matar o Presidente», explicou.””


Em de 12Set06: - “George W. Bush tem o Quociente de Inteligência (QI) mais baixo de todos os presidentes norte-americanos, desde o início do século XX, à excepção de um. Warren Harding, considerado como «o presidente falhado», ocupou a Casa Branca nos anos vinte. - Estima-se que o QI de Bush seja 20 pontos mais baixo do que o do seu predecessor, Bill Clinton, o que criou um efeito de contraste, que salientou as fraquezas do actual chefe do governo. - Segundo Dean Keith Simonton, psicólogo na Universidade da Califórnia, fez uma tabela dos valores de QI aproximados de vários presidentes norte-americanos. - De acordo com o diário Political Psycology, Keith Simonton estima que o QI de Bush se situe entre 111,1 e 138,5. «O valor normal para um licenciado é de 120. Assim, o presidente norte-americano está dentro da média. - Bush pode ser «muito mais inteligente» do que o estudo mostra, mas revela uma prestação medíocre no que diz respeito a questões estéticas e culturais, demonstrando ser pouco aberto a novas experiências ou ideias. - No estudo psíquico, o presidente norte-americano obteve um resultado de zero, ao passo que Bill Clinton e Kennedy obtiveram 82. - O estudo mostra também que Bush pontuou pouco num indicador chamado «complexidade interactiva», que significa que «só vê as coisas por uma perspectiva, a sua». Este resultado, de acordo com especialistas, «só é comparável ao de fundamentalistas islâmicos», embora o de Bin Laden «seja mais baixo ainda».


Opinião pessoal: - É esta eminência, mais do que parda, negra, a quem o mundo civilizado vem prestando quase subserviência? É este o homem que quer ombrear com Washington, Lincoln e mais recentemente com Eisenhower, Kennedy, Carter e Clinton? É este o homem que põe em causa a sobrevivência do planeta ao recusar, recentemente e uma vez mais, assinar o protocolo de Quioto e sistematicamente se furta a reconhecer e a aderir ao Tribunal Penal Internacional? É este o homem que se gaba de, enquanto governador de estado, nunca ter concedido um indulto a um condenado à morte? É “isto” um homem e um presidente? Seguramente que o Povo americano tinha bebido cerveja a mais no dia em que votou a sua continuidade na presidência ou se encontrasse talvez demasiado amedrontado pelos trágicos acontecimentos das Torres Gémeas do 11 de Setembro que mais não foram do que um pálido reflexo do que poderá acontecer ao mundo se continuar sendo dirigido por um homem sem capacidade, nem moral nem intelectual, para estar à frente dos destinos de uma potência como os Estados Unidos. Ele e só ele fez nascer Bin Laden e hoje, apavorado, não sabe mais como travá-lo. Ele poderá não saber mas o Povo americano saberá retirando-lhe o mandato e restituindo-o a um democrata sério de quem ele o usurpou mediante as muito obscuras manobras de bastidores e de secretaria que o mundo bem recordará. Mas, afastado Bush da Casa Branca, julgo que o seu sucessor democrata daria uma prova de inteligência e de solidariedade para com o Povo de todo o mundo se ratificasse a Convenção de Quioto e aderisse ao Tribunal Penal Internacional nele indiciando como primeiro réu de crimes contra a humanidade ao senhor George W. Bush filho, que o pai esse não terá culpa do pequeno e cobarde monstro de gerou e, pelo menos, bateu-se e arriscou a sua vida pela Nação americana durante a segunda Guerra Mundial.

publicado por Júlio Moreno às 08:59
link | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


.posts recentes

. Mais uma vez mão amiga me...

. Um tristíssimo exemplo de...

. A greve como arma polític...

. A crise, o Congresso do P...

. O PRESIDENTE CAVACO SILVA

. Democracia à portuguesa

. ANTÓNIO JOSÉ SEGURO

. Cheguei a uma conclusão

. A grande contradição

. O jornalismo e a notícia ...

.arquivos

. Setembro 2013

. Junho 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Maio 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Junho 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

.favorito

. Passos Coelho: A mentira ...

. Oásis

.links

.participar

. participe neste blog

blogs SAPO

.subscrever feeds