Terça-feira, 25 de Abril de 2006

25 de Abril

25 de Abril - É precisamente hoje, dia festivo para alguns, de tristeza para outros e de desalento para muitos, além de que com tendência para passar de moda, que me ocorre a ideia de que, dada a velocidade com que estamos caminhando “prá frentex” e no âmbito do recém-descoberto “simplex” (arcaico pirosismo!), não muito longe esteja o dia em que vejamos o primeiro-ministro José Sócrates passar a único-ministro José Sócrates e a sua acção de governo materializar-se em frente de um poderoso computador pessoal (e intransmissível) ligado à internet, em teleconferência permanente com os seus telegovernados e, de quando em vez, fazendo o “delete” ou o “download” de ministros, secretários de estado e administradores virtuais, bem como de todo o respectivo “staff”!

Isso sim, será progresso e resultado digno de um 25 de Abril moderno e tecnológico! As novas estradas cibernautas dispensarão as enormes frotas de veículos do estado de alta cilindrada e elevado consumo, pelo que se irá poupar imenso combustível e, por todo o lado, se reduzirão drasticamente os encargos com o pessoal da função pública, permitindo equilibrar finalmente o orçamento do estado e seguir Bruxelas, a nova capital do recentíssimo império europeu!

Temo, no entanto, que tudo isto se não possa fazer a 25 por absoluta falta de tempo e que, por isso mesmo, alguma coisa tenha de passar para 26!
publicado por Júlio Moreno às 07:16
link | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


.posts recentes

. Mais uma vez mão amiga me...

. Um tristíssimo exemplo de...

. A greve como arma polític...

. A crise, o Congresso do P...

. O PRESIDENTE CAVACO SILVA

. Democracia à portuguesa

. ANTÓNIO JOSÉ SEGURO

. Cheguei a uma conclusão

. A grande contradição

. O jornalismo e a notícia ...

.arquivos

. Setembro 2013

. Junho 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Maio 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Junho 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

.favorito

. Passos Coelho: A mentira ...

. Oásis

.links

.participar

. participe neste blog

blogs SAPO

.subscrever feeds