Sexta-feira, 17 de Junho de 2005

A exploração noticiosa…

Meus senhores, basta!

Fico perplexo perante o despudor (outra designação só se enveredasse por termos menos decorosos!), fico perplexo e pasmado perante o despudor e a desfaçatez com que certas notícias vêm a público tanto pela forma como pelo conteúdo!

Claro! É necessário que o povo saiba, que o povo conheça, dirão e advogarão (não muito convictos mas assim fazendo justiça aos seus tortuosos intelectos) os seus autores e os "proprietários" dos “mídia” que as publicitam e que argumentarão ainda: - dantes nada se conhecia, nada se sabia, e o povo era quem pagava pelas trapalhadas e trafulhices, sempre ocultas, que eram mais do que muitas!

Reconheço a verdade crua de tal argumentação. Assim era e assim foi! Mas, no meu modestíssimo entender, não posso deixar de contrariar aqui tão simplista como só aparente lógica de virtudes, já porque se vem pretendendo remediar um mal praticando outro talvez de pior índole e de muito mais nefastas consequências já porque a outras entidades competirá a divulgação pública dos tais factos a que, “subentendidamente”, me vou referindo!

O poder da comunicação social, esse bem conhecido quarto poder, está definitivamente instalado no nosso país, sem lei que o regule e sem que se vislumbrem processos de o impedir de chegar a primeiro pelo medo que já provoca em quem pretenda afrontá-lo! Ele ignora a lei! Pura e simplesmente faz tábua rasa das determinações legais que impõem o segredo de justiça, que proíbem as insinuações caluniosas, e, bem no íntimo, poderá até pretender traficar influências junto do poder judicial, e de outros poderes, ao mesmo tempo que, tão clamorosa e flagrantemente, despreza a nossa já bem fragilizada Constituição da República!

E o Ministério Público, a Procuradoria Geral da República, os Ministros da Justiça e os senhores Comandantes e Directores Gerais das Polícias, para já não falar nos senhores Deputados, que fazem? Que atitude tomam perante tais enormidades que, entusiasmando os cada dia mais facciosos clubismos políticos de opinião, assim vão espalhando as dúvidas, a desordem e a descrença na democracia bagunçosa em que vamos vivendo por nunca termos sabido como a verdadeira se pratica. Terá de ser o cidadão comum a fazê-lo? Ah!... democracia assim não é vontade do povo! Será, quanto a mim e como já várias vezes tenho dito, “vontade do demo”!

Portanto, meus senhores, basta! Vejam só o que estamos transmitindo à juventude! Hoje e pelo que vejo até poderei compreender que ela se esteja nas tintas para os pais, avós outras “coisas” que não sejam “concertos rock” e “curtição”… Cada povo tem o futuro do seu presente e pelo andar das coisas o nosso não será brilhante, nada brilhante mesmo!
publicado por Júlio Moreno às 18:00
link | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


.posts recentes

. Mais uma vez mão amiga me...

. Um tristíssimo exemplo de...

. A greve como arma polític...

. A crise, o Congresso do P...

. O PRESIDENTE CAVACO SILVA

. Democracia à portuguesa

. ANTÓNIO JOSÉ SEGURO

. Cheguei a uma conclusão

. A grande contradição

. O jornalismo e a notícia ...

.arquivos

. Setembro 2013

. Junho 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Maio 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Junho 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

.favorito

. Passos Coelho: A mentira ...

. Oásis

.links

.participar

. participe neste blog

blogs SAPO

.subscrever feeds