Domingo, 3 de Outubro de 2010

O fim de uma polémica…

Continuo hoje, para terminar com  a polémica acontecida ontem e felizmente já sanada porque a razão e a razoabilidade terão chegado ao espírito dos dois principais intervenientes.: -eu próprio e o meu crítico de então Sr. José Luiz , perito bancário brasileiro em investimentos há 20 anos, como afirma, mas que, nas horas vagas, e pelo que entendi, procurará nas letras o descanso e o alívio das dores de cabeça causadas pelos números, o que prontamente fez em tarde de sábado e em relação ao meu artigo. Julgo compreendê-lo bem.

 

Claro que na Wikipédia.pt tudo quanto aqui e agora irei reproduzir, apenas para dar uma sequência lógica a quanto ontem se narrava, poderá ser lido na “página da votação” e à qual se facilmente se acede a partir do pequeno rectângulo que antecede o texto da Biografia de meu Avô Augusto Moreno.

 

Passo a transcrever quanto aí consta dando, por este modo, como cumprida a missão que se me impus e terminada a turbulência gerada por equívocos a mal-entendidos

 

(Início da transcrição)

 

“Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

< Wikipedia:Páginas para eliminar

Ir para: navegação, pesquisa

[editar] Augusto Moreno

Ferramentas: Augusto Moreno (editar | histórico | afluentes | vigiar | registros | apagar)
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirus

O artigo em si está horrível, o que não é, por si só, motivo pra eliminação. Como não tem fonte nenhuma, tentei procurar fora. O nome comum não ajuda a saber se estamos falando "do" ou "de um tal de" Augusto Moreno. Não sei como resolver e não estou confortável em deixar como está (sem fontes). Trouxe pra ver se algum de vocês me ajuda. José Luiz disc 02h22min de 2 de outubro de 2010 (UTC) Se ninguém mais se opuser, proponho cancelar a esta votação. José Luiz disc 20h58min de 2 de outubro de 2010 (UTC)

Apagar

 

Manter

  1. Carlos Luis Cruz (discussão) 13h39min de 2 de outubro de 2010 (UTC) Relevante em sua área e época. Obra publicada. Já agora, iniciei a "modernização", imparcialização e categorização do texto.
  2. Pelo Poder do Z Alaf Ogimoc 15h29min de 2 de outubro de 2010 (UTC) Apenas digo isto. Relevante.
  3. Junius (discussão) 23h29min de 2 de outubro de 2010 (UTC) Aguenta a pressão, José Luiz. Agora que começou, termine a votação! E pense e repense antes de mandar outro verbete para o paredón.
  4. José Luiz disc 00h07min de 3 de outubro de 2010 (UTC) Pressão? rs... Trabalho em banco de investimento! Isso aqui é que me tira da pressão! Voltando ao tema: o artigo como estava no momento que propus não cumpria nenhum requisito do projeto. Como o conteúdo era bom e não conhecia a pessoa (não é minha área de interesse), tentei achar o Augusto Moreno. Achei milhares e trouxe pra cá buscando ajuda. O que houve foi um mal-entendido sobre o meu (mau) uso do "horrível", já esclarecido. E, agora como está, voto por manter! Não é assim que deve funcionar? Cancelar era pra economizar tempo das pessoas.
  5. --HTPF (discussão) 13h08min de 3 de outubro de 2010 (UTC) Conforme já foi dito:Relevante em sua área e época.  

Comentários

Esclareço procurando dar a ajuda que pretende:

 

- Meu nome é Júlio Augusto Victória Moreno e sou neto de AUGUSTO MORENO de cujo texto "horrível" no dizer do crítico, Sr. José Luis que ora contesto porque me prezo de saber um pouquinho de português - coisas que me terão ficado por hereditariedade, talvez! -de cujo texto, dizia, fui "horrível" autor, e que transcrevi na íntegra no "blog" que, desde 2005, venho mantendo com relativa assiduidade - e que o meu crítico poderá consultar em "mustbe.blogs.sapo.pt", dizer-lhe que tenho 74 anos de idade, que frequentei (sem todavia me licenciar) a faculdade de Direito, que fui oficial da GNR e gestor-fundador de três empresas que deram emprego a uns milhares de portugueses (co-fundador de uma delas e fundador pleno das duas restantes, ) será pura estultícia da minha parte e por isso não o farei. Lamento, no entanto, que o meu crítico não tenha reparado na fonte que no texto se incluia (braganc@net - in www.braganc@net.pt/braganca . figuras Ilustres - e que desconheça o "Vocabulário Ortográfico Luso-Brasileiro" que com a colaboração de outros insignes mestres da língua portuguesa, publicou vai para mais de 50 anos! Como sou velho na idade mas novato nestas andanças, peço ao árbitro que tiver de resolver aste brevíssimo "diferendum" opinativo que me perdoe a ousadia que tive e ao meu crítico que consulte um pouco mais as fontes portuguesas - "Diciopédia 2006", por exemplo, da Porto Editora e as bibliotecas nacionais e brasileiras onde a obra de meu avô se encontra pronta para a consulta de quem assim o pretenda. Agradeço-lhe, no entanto, o tempo que "perdeu" ao ler o que escrevi...—o comentário precedente deveria ter sido assinado por 193.126.212.100 (discussão • contrib.) 

 

- Prezado, conforme política oficial blogs não são aceitos como fontes fiáveis. Se você puder pautar o texto do artigo com obras publicadas será de grande ajuda para comprovar a relevância do artigo e a sua manutenção. Abç OTAVIO1981 (discussão) 14h35min de 2 de outubro de 2010 (UTC)

 

- Muito obrigado. Apenas referi o "blog" por mera cortesia, nunca como fonte para a Wikipedia e se o fiz terá sido mais para que possam avaliar daquilo que penso e pelo que me responsabilizo. Passo a assinar: Javmoreno com conta muito recente na Wikipedia.pt

 

- O blog, não foi mencionado como referencia, está ali em cima escarrapachado preto no branco, que o texto que consta no blog é igual ao do artigo, pois o blog surgiu na sequência do mesmo. Pelo Poder do Z Alaf Ogimoc 15h29min de 2 de outubro de 2010 (UTC)

 

- Estou mesmo sem palavras para agradecer a quem aqui me compreende e apoia. Vejo, porém e com algum receio, que uma fita vermelha vai avançando à míngua de novos artigos que ainda não publiquei. É necessário? Dirijo esta questão a "Carlos Luis M C da Cruz". a "OTAVIO1981" e finalmente a "Pelo Poder do Z " e mesmo ao confuso "Jbribeiro1" a quem estendo a bandeira da paz...

 

- Caro Javmoreno, o texto estava horrível não no conteúdo, mas na forma. Por isso não propus para eliminação rápida e trouxe pra cá, pra ser votado. Quando terminar a wikificação em andamento, compare o resultado com a forma original, quando propus pra votação. Sobre o confuso, acho que falta cancha no projeto pra entender o que eu digo. Recomendo a leitura de Fontes fiáveis e Biografias. Mas bem-vindo de qualquer forma. A opinião que queria consegui dos editores. José Luiz

disc 16h31min de 2 de outubro de 2010 (UTC)

 

- A "jribeiro"| José Luiz": - desculpe a minha ignorância mas quando li "horrível" confesso que me arrepiei e tomei a Vénus por Juno, o que quererá dizer, o pedaço pelo todo! Daí as amargas palavras que escrevinhei no meu blog a seu respeito e de que me confesso agora arrependido. Peço-lhe, no entanto, que entenda que apareci aqui como um "novato" e que, para mim, muitos dos vossos termos (assim como frases, talvez...) têm um sentido bastante diferente do que, por cá, lhes damos. Por exemplo, subentendo o que queira dizer com "falta de cancha no projecto" mas afianço-lhe que aqui, isso não quer dizer absolutamente nada quanto ao que vimos tratando, podendo até ser tomado como injurioso se, por mera "ignorância", levado para outros campos! As diferenças entre o portugues europeu e o brasileiro permanecem, em muitos casos, abissais ainda: "ex: "pego" por "preso" ou "apanhado", pela polícia, normaslmente... "registro" por "registo", etc.. Aluno que tal escrevesse num texto de exame era "chumbado" pela certa! E diferenças como estas há imensas, nem calcula! Porém, como não sou extremista - acho que nunca o fui até mesmo quando, rapaz ainda e em Carvalhelhos, uma namorada brasileira que então tive, me apelidava, carinhosamente, de seu "bichinho..."! Penso que "in medio virtus est" pelo que ambos deveremos respeitar as nossas diferenças e contribuir, cada vez mais, para uma maior uniformidade linguística, que nos uma e não que nos separe para, como diria provavelmente o General Paton, portugueses e brasileiros "não fiquem separados por uma língua comum...". Agradeço o seu regresso e os esclarecimentos que me prestou, aguardando da sua parte, as minhas desculpas e os futuros ensinamentos que, porventura e nesta matéria, quiser dar-me já que noutras, por força da minha idade, lhas darei eu. Grato, Javmoreno, caloiro... (sabe o que é?).

 

- Vamos em frente, caro! Bem-vindo ao projeto! José Luiz disc 20h57min de 2 de outubro de 2010 (UTC)

 

- Infelizmente (pelo menos para este velhinho que humildemente escrevinha) a República acabou com a Monarquia e a Nobreza no país, e a maior parte dos autores do século XIX que o biografado possivelmente lia e admirava, já havia cometido suicídio. Embora o erudito dicionarista tenha vivido as mudanças trazidas pelas duas guerras mundiais, o mundo mudou ainda mais, a linguagem idem, e a Lusófona é lida por alunos que o abnegado mestre-escola não reconheceria e, nos quais nem poderia aplicar a sua boa e fiel palmatória, sob pena de perda da função pública, além de incorrer em processo na alçada criminal e nas penas cominadas na lei. A fita vermelha que avança serena no texto em tela recorda-nos - a todos - o quanto há para discorrer sobre a grandeza da cultura lusa de antanho, replenando-nos de patriótico ardor pelo resgate de um passado ufanoso que, perdido nas brumas da memória, clama por justiça, na pena de um editor eivado de ardor pelo ideal beletrista. Carlos Luis Cruz (discussão) 21h13min de 2 de outubro de 2010 (UTC)

 

- A Jribeiro: - Obrigado pelas boas-vindas que me dá. Louvo a sua coragem por ter riscado as linhas que escreveu. Reconhecer um erro e ser capaz de o emendar é sempre apanágio de um Homem de bem! Lho agradeço e, como paga, verá que o mesmo irá acontecer no meu blog.( Javmoreno ).

 

- A Carlos Luis M C da Cruz: - as suas palavras fluiram aqui como se brisa fossem a acalentar o meu coração e soaram, como música, aos meus ouvidos... Obrigado. ( Javmoreno ).

 

 

Nuvola apps ksig.png Por favor, não assine suas edições em artigos.

Cada vez que você edita uma página, suas alterações e seu nome de utilizador ficam gravados no histórico — por exemplo, se consultar a história desta página, poderá ver todas as edições anteriores a esta, bem como todos os editores, a data e a hora de cada edição.

Devem ser assinadas apenas as páginas de discussão (para deixar mensagem a alguém, por exemplo) e os artigos que tenham o obje(c)tivo de servir para discussões (como na Esplanada).

Para mais ajuda, consulte o Guia Prático Assinando e a página Coisas a não fazer.
Obrigado(a).

Vanthorn msg ← 17h04min de 8 de outubro de 2010 (UTC)

Usuário Vanthorn: - Muito obrigado pelo ensinamento que registei e não mais repetirei. Javmoreno""

 

 

(Final de transcrição).

 

Acho que devia este esclarecimento a quem me lê

 

publicado por Júlio Moreno às 13:52
link | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


.posts recentes

. Mais uma vez mão amiga me...

. Um tristíssimo exemplo de...

. A greve como arma polític...

. A crise, o Congresso do P...

. O PRESIDENTE CAVACO SILVA

. Democracia à portuguesa

. ANTÓNIO JOSÉ SEGURO

. Cheguei a uma conclusão

. A grande contradição

. O jornalismo e a notícia ...

.arquivos

. Setembro 2013

. Junho 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Maio 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Junho 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

.favorito

. Passos Coelho: A mentira ...

. Oásis

.links

.participar

. participe neste blog

blogs SAPO

.subscrever feeds